segunda-feira, 16 de maio de 2011

Aloe vera barbadensis (Babosa) III

Aloe vera barbadensis (Babosa) III

Os poderes de cura da Aloe vera já era conhecida pelos povos antigos; como os egípcios e gregos, bem antes de Cristo.
Contam que a Cleópatra a usava nos banhos e cosméticos. Alexandre Mágno a usava para curar as feridas dos seus soldados mais rapidamente.
Alguns dizem que Gandi conseguia aquela façanha de ficar muitos dias em jejum porque ele tomava gel de Aloe vera misturada a água.
O gel da Aloe vera, através da saponina é um limpador natural, quando ingerido ele ajuda na remoção das células mortas e apressa a formação de novas células, por isso ajuda na cura das úlceras e gastrites do estômago e ainda limpa todo o sistema gastro-intestinal. Também é usado para quem está com má digestão.
Numa pesquisa feita nos Estados Unidos, 20 pessoas que sofriam de úlceras no estômago, ingeriramuma dose de gel da babosa diariamente, durante um mês. No fim do tratamento, todos estavam curados e passados um ano, não houve casos de reincidência. Isto acontece por causa que o gel da Aloe vera, inibe a formação do ácido clorídrico que causa a irritação das paredes do estômago e conseqüente desenvolvimento da úlcera. A grande vantagem do uso do gel da babosa, é que não revelou nenhum efeito secundário.
A lignina que ele contém, faz com que penetre rapidamente nos tecidos.
Ajuda no alívio de dores na área em que é aplicada, como juntas e músculos doloridos funcionando como anestésico.
A poderosa e fantástica Aloe vera em forma de gel estabilizada é utilizada para tratamento de: artrite, artrose, reumatismo, dores musculares, psoríase, descongestionante nasal, feridas, acnes, etc.
Em altas concentrações e em contato direto durante várias horas, funciona como bactericida, fungicida e viricida.
Funciona como antipirético (baixa a febre) e antiinflamatório. É hidratante de todas as camadas da pele, por isso hoje as indústrias de cosméticos usam o gel da babosa como base para seus cremes hidratantes e outros cremes para a saúde da pele, shampoos e condicionadores para cabelos.
A aplicação do gel da babosa em cosmetologia contarei em outro capítulo.
Yogoro Narahashi

Nenhum comentário:

Postar um comentário